sexta-feira, 12 de março de 2010

Itaú Unibanco
desvaloriza bancários
.
O Itaú Unibanco lucrou absurdos em 2009, mas continua a desvalorizar os funcionários. Enquanto sua lucratividade foi cheia, o banco se recusa a pagar uma PLR maior (Participação dos Lucros e Resultados) para os bancários como foi constatado na reunião realizada ontem (10/03), em São Paulo.
O movimento sindical reivindica o pagamento integral da PLR para os bancários, alcançando o teto de 2,2 salários limitados a R$ 14.696.
O banco, no entanto, insiste na proposta de 46% dos trabalhadores, que estão na faixa salarial de até R$ 2.836.
Ao mesmo tempo, a empresa aumentou o pagamento dos altos executivos em 86% entre os anos de 2008 e 2009, segundo dados do DIEESE.
A ação é vista com desrespeito pelo trabalho dos bancários que estão na primeira fila do atendimento que retorna em lucros para os banqueiros.

Nenhum comentário: